Ir para conteúdo


Foto

Cabovisão e Meo já estão a bloquear acesso ao The Pirate Bay


  • Please log in to reply
Não há respostas para este tópico

#1 paulo3redes

  • Membro Graduado

  • PipPipPipPipPip
  • 6604 posts
  • Localidade:ELVAS (Alto Alentejo)
  • Telemóvel: Sony Ericsson Vivaz
  • Rede: MEO

Postado 07 Março 2015 - 19:39

A justiça deu um mês aos operadores de telecomunicações para bloquearem o acesso ao The Pirate Bay, mas algumas empresas já avançaram com a medida.

A Cabovisão confirmou ao TeK que já fez cumprir a ordem do Tribunal de Propriedade Intelectual e que, como tal, já não é possível aceder aos sites visados pela decisão a parir da sua rede. "A Cabovisão acatou a ordem judicial, bloqueando o acesso aos sites que foram determinados pelo Tribunal", referiu fonte oficial. 

Também a PT já tinha comentado o assunto durante a semana. Em resposta às questões do TeK indicava que a "a PT Portugal obriga-se a cumprir todas e quaisquer decisões que lhe sejam impostas pelas autoridades judiciais". Não foi possível obter esclarecimentos adicionais em relação ao tema junto da empresa, nomeadamente para perceber se a operadora já tinha dado cumprimento à decisão ou quando pretendia fazê-lo. 

Mas esta sexta-feira o TeK testou o acesso ao site principal da plataforma de partilha de ficheiros, a partir de diferentes acessos MEO (fixos e móveis) e o site já não estava disponível - só num dos acessos móveis foi possível aceder ao site do The Pirate Bay. Numa das tentativas que realizámos já foi aliás possível ler uma mensagem que explica porque não é possível aceder ao site. O ecrã exibido é o seguinte: 

584182.gif

Os mesmos testes, realizados a partir de computadores ligados à Internet pela rede da Vodafone, revelaram que o site de partilha também já não está disponível na rede da operadora. A indisponibilidade do acesso verifica-se tanto para o site principal - thepiratebay.se - como para outras variantes visadas pela ordem judicial, que contempla um total de 30 endereços relacionados. 

No entanto, o número de testes que conseguimos fazer foi reduzido e também não foi possível confirmar junto da operadora se a indisponibilidade se deve de facto já ao cumprimento da medida judicial, que a empresa já tinha dito que ia acatar. 

O Tribunal de Propriedade Intelectual deu no final do mês de fevereiro ordem para que os fornecedores de serviços de acesso à Internet bloqueiem acesso a um conjunto de 30 endereços web relacionados com o The Pirate Bay num prazo de um mês, uma decisão que a não ser cumprida acarreta uma multa diária de 2.500 euros. 

A decisão é o resultado de um caso que teve início com a providência cautelar apresentada pelas associações Audiogest e Gedipe e acaba por ser acatada por todas as empresas sem contestação. 

Na NOS, o acesso aos sites visados pela decisão está disponível em alguns casos, noutros não, mas a empresa também já tinha garantido que vai cumprir a decisão. "A NOS confirma que foi notificada da decisão do Tribunal de Propriedade Intelectual no sentido de bloquear este site e vai cumprir com a decisão como sempre fez", referia a operadora numa declaração enviada ao TeK durante a semana. 

 

in tek sapo

 






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membro(s), 0 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)