Ir para conteúdo


Foto
- - - - -

Alerta: GNR vai andar “à caça” de condutores ao telemóvel


  • Please log in to reply
Não há respostas para este tópico

#1 paulo3redes

  • Membro Graduado

  • PipPipPipPipPip
  • 6604 posts
  • Localidade:ELVAS (Alto Alentejo)
  • Telemóvel: Sony Ericsson Vivaz
  • Rede: MEO

Postado 28 Novembro 2015 - 20:35

…já na próxima semana

Sabe-se hoje que usar o telemóvel, enquanto se conduz, multiplica o risco de acidente por vinte e três. A percentagem de portugueses que admitem enviar e ler SMS enquanto conduzem é de 31%, algo que será objecto de sensibilização pela GNR já durante a próxima semana em todo o território nacional.

A GNR vai também intensificar a fiscalização rodoviária com o objectivo de detectar e punir condutores que cometam infracções relacionadas com o uso de telemóveis enquanto conduzem.

 

 

gnr_00.jpg

 

 

Sob o lema “A sua prioridade é viver, não é atender!”esta campanha terá duas fases distintas:

  • 1ª Fase (30 de Novembro e 02 de Dezembro) em que serão realizadas diversas acções de sensibilização, através das Secções de Programas Especiais dos Comandos Territoriais, com especial incidência para o meio escolar;
  • 2ª Fase (03 e 04 de Dezembro) em que será intensificada a fiscalização rodoviária, através dos vários Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, no sentido de detectar este tipo de infracções.

 

A incorreta utilização e o manuseamento dos telemóveis ou dispositivos similares durante a condução, para a realização de chamadas, envio de mensagens ou consulta de redes sociais, limita as capacidades do condutor, provocando:

  • Distração visual (tirar os olhos da estrada);
  • Limitação motora (tirar as mãos do volante);
  • Condicionamento cognitivo (abstrai a mente da condução).

Desde o início do ano e até ao dia de ontem, 27 de Novembro, foram detectadas mais de 26 mil infracções por uso indevido do telemóvel durante a condução, distribuídas geograficamente conforme mostra a figura seguinte.

 

Os estudos confirmam que é difícil para os condutores levarem a cabo as tarefas básicas e essenciais a uma condução segura, se estiverem a realizar uma outra tarefa secundária. O tempo de reação de um jovem que esteja a conduzir e a utilizar o telemóvel, é o mesmo que uma pessoa de 70 anos que esteja a conduzir sem estar ao telemóvel. Saber mais.

 

http://www.gnr.pt/de...oticias&id=2535

 

in pplware






1 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membro(s), 1 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)